11/04/09

Comerr oves de choclate - Vivá Páscoa!

Fui ao jumbe comprrarr uns oves de choclate prrá miudagem. Estacionei o mê carre, o marravilhose Fiat 127 verrmelhinho. Ouve, deú-me uma azia da bexiga que nã aguentava même e tava do lade óposte à casa de banhe. Peguei em mim, fui duma velocidade parrecia uma lula a deslizarr no alguidarr paqueles corredorres do jumbe aforra. Cheguei, fui logue prró urrinol. Táva lá um sôce com uns brrinquinhos pôusse assim a olharr de lado e eu pensei "ôlha meste gajo, deve pensarr questa errós é pós bêçes dele!" Virrei-me a ele e disse "epá sôce virra lá o farrol pá frrente se nã querres ficarr com desnorrteado." Ele ainda tentou dizerr qualquerr coisa mas vim-me logue emborra, porrque tames da páscoa é tempo de paz e gosto cá pouque que se virrem a mim com parrvoeirras. Táva tanta gente daquele jumbe, erra piorr cas tainhas da pursefice cheia dengode! Adiante, fui comprrarr do oves. A merrda do oves erram carres comó carraças! A vida tá muita dificil, todá gente se queixa mas a cidade de setúbal tava todinha a comprrarr a merrda do oves!

1 comentário:

Pespireta disse...

eu cá também conheço um que onde quer que vai tem tem ir ao urinol. sabes quem é??

beijitos doces